Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

A filha Tiffany impulsiona o campeão olímpico Thiago Braz

Ouro no Rio-2016 e bronze em Tóquio-2021 no salto com vara, Thiago Braz está focado totalmente em alcançar novo pódio nos Jogos Olímpicos de Paris-2024. O atleta paulista, de 28 anos, que treina em Fórmia, na Itália, com o ucraniano Vitaly Petrov, ganhou um novo impulso pessoal e profissional com o nascimento de sua filha, Tiffany, ocorrido no dia 1 de outubro, em casa, com ajuda de parteiras, em Fórmia.

Thiago Braz
(Carol Coelho/CBAt)

“O nascimento da Tiffany me impactou, é um desafio de amor e ela com certeza vai me impulsionar em tudo. Espero ser um ótimo exemplo para a minha filha. Junto com a minha esposa (Ana Paula), tenho de cuidar dela, pensar na nossa vida e de nossa família”, comentou Thiago. “O esporte é minha paixão e vou continuar lutando por medalhas.”

A temporada de 2022 foi especial para o brasileiro. Ele demonstrou muita regularidade. Ganhou a medalha de prata no Mundial Indoor de Belgrado, na Sérvia, no dia 20 de março, com 5,95 m, recorde sul-americano em pista coberta. Foi quarto colocado no Mundial do Oregon, nos Estados Unidos, com 5,87 m, e terminou o ano no quarto lugar no Ranking Mundial da World Athletics, com 5,93 m, marca obtida em Estocolmo, na Suécia, dia 30 de junho.

“Estou realmente feliz com a temporada. Acho que foi boa, uma das melhores de minha carreira. Claro que fiquei triste por não ir ao pódio em Eugene, mas o trabalho está sendo muito bom. A base que tenho feito com o Vitaly e o Elson (Miranda) tem sido bem feita”, disse o recordista olímpico, com 6,03 m.

O ano pré-olímpico de 2023 será importante. Thiago decidiu participar da temporada em pista coberta, a partir de fevereiro, dando início às competições. “Espero que o ano que vem seja ainda melhor do que 2022. Quero conquistar novas medalhas no Mundial de Budapeste (Hungria) e nos Jogos Pan-Americanos de Santiago (Chile)”, afirmou o campeão mundial sub-20 em Barcelona-2012 e vice-campeão dos Jogos Olímpicos da Juventude de Singapura-2010.

Em Fórmia, o paulista nascido no dia 16 de dezembro de 1993, na cidade de Marília, faz parte de um grupo de saltadores com vara, que conta com boa estrutura, que inclui fisioterapeutas, além das orientações de Vitaly Petrov. “Todos me incentivam, assim como minha família. É importante treinar bem, com alta qualidade e num ótimo ambiente”, observou o atleta, reforçando que pensa em mais uma medalha olímpica.

“Meu objetivo primordial é a Olimpíada de Paris. Tudo que faço viso a Olimpíada. Ela não sai da minha cabeça. Tomo todos os cuidados em meus treinamentos para manter a regularidade, obter bons resultados e chegar bem a Paris. Tudo que estou podendo errar agora, estou arriscando, para não errar na Olimpíada.”

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »