Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Delegação de atletismo segue para Assunção a partir desta segunda-feira

 A delegação brasileira de atletismo viaja desta segunda-feira (10/10) a quarta-feira (13/10) para a disputa dos Jogos Sul-Americanos 2022, em Assunção, Paraguai. A equipe terá 58 atletas (27 no feminino e 31 no masculino) no torneio que será realizado de quarta (12/10) a sexta-feira (16/10), na sede do Comitê Olímpico Paraguaio, em Luque, na região próxima à capital do país.

Uma das atrações da equipe nacional é a catarinense Letícia Oro, ganhadora da medalha de bronze no salto em distância no Campeonato Mundial de Atletismo do Oregon, nos Estados Unidos, em julho. Será a primeira competição da brasileira após a conquista, com a marca de 6,89 m (1.1), e a terceira em toda a temporada.

Letícia Oro, em Eugene
(Carol Coelho/CBAt)

“Estou treinando e focada, como sempre, em busca da minha superação e para subir ao pódio. Sigo diariamente todas a instruções do meu técnico, fisioterapeuta e médico, para a obtenção do melhor resultado e sem lesão”, comentou a atleta da Corville (SC), que se submeteu em dezembro a uma cirurgia nos ligamentos do joelho esquerdo e tem dedicado tempo ao reforço muscular.

“Sou extremamente competitiva. Amo o que faço, então estou com saudades da adrenalina correndo em minhas veias”, disse a saltadora de 24 anos, orientada em Joinville por João Carlos dos Santos, que disputará ainda este ano os Jogos Abertos de Santa Catarina, em Rio do Sul, em novembro.

Outra atração é o paulistano Thiago Moura (Associação Unindo Famílias-SP), quinto colocado no Mundial Indoor de Belgrado, na Sérvia, em março, com 2,31 m – mesma marca dos ganhadores das medalhas de prata e de bronze. “Estamos bem animados, treinando firme e com os olhos mirados para mais alto! Mantivemos a preparação para última competição do ano, que será os Jogos Sul-Americanos”, lembrou. “Disputamos os JUBs, em setembro, em Brasília, e por pouco não quebrei de novo o recorde da competição este ano. Queremos encerrar o ano tão bem quanto foi a temporada toda, que foi bem longa, mas muito memorável”, completou.

Chayenne Pereira
(Carol Coelho/CBAt

Outro destaque é a carioca Chayenne Pereira da Silva (Pinheiros-SP), que recentemente venceu os 400 m com barreiras no Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Sub-23, em Cuiabá (MT), e no Sul-Americano da categoria, em Cascavel (PR). “Estou me sentindo bem e preparada para fazer uma prova boa. As expectativas são ótimas e o objetivo é fazer melhor do que no Sul-Americano e terminar a temporada da melhor forma”, comentou a atleta, que representou o Brasil nos Jogos de Tóquio-2021 e no Mundial do Oregon-2022.

Caio Bonfim
(Carol Coelho/CBAt)

Já o brasiliense Caio Bonfim (CASO-DF), que disputará os 20.000 m marcha atlética na quarta-feira às 7 horas, também está otimista. Vice-campeão do Race Walking Tour 2022 da World Athletics e sexto colocado nos 20 km do Mundial do Oregon, ele já pensa na temporada de 2023. “Estou treinando bastante para fazer uma boa prova nos Jogos Sul-Americanos. Depois do Paraguai iniciamos o trabalho de base para o ano que vem. Daremos os primeiros passos para a próxima temporada”, afirmou o atleta, que participou das Olimpíadas de Londres-2012, Rio-2016 e Tóquio-2021.

O decatleta Felipe Vinícius dos Santos (Pinheiros-SP) também estreia na competição na quarta-feira, com a disputa das cinco primeiras provas de sua especialidade. “Estamos na semana de preparativos finais, com ajuste de marcas e esperando o evento”, disse Felipe. “Foram 14 semanas de preparação visando esses Jogos e esperamos um bom resultado. Vale ressaltar o trabalho multidisciplinar que ele fez junto aos fisioterapeutas bem como com a nutricionista Julia Bargieri no Centro Nacional Loterias Caixa de Desenvolvimento do Atletismo, em Bragança Paulista”, lembrou o treinador Rodrigo Dario.

“Foi muito importante e bem especial contar com a ajuda de alguns treinadores nesse processo de transição como Justo Navarro, Julian Mejía, Sanderlei Parrela, Neilton Moura e o italiano Domenico Ingrosso, que sempre se colocaram à disposição para nos ajudar tecnicamente, cada qual na sua especialidade”, completou Rodrigo.

Os convocados

Feminino
Vitória Rosa (Pinheiros-SP) – 100 m/200 m/4×100 m
Gabriela Mourão (CT Maranhão-MA) – 4×100 m
Vida Aurora Caetano (Tornado-DF) – 4×100 m/200 m
Ana Carolina de Azevedo (CT Maranhão-MA) – 100 m/200 m/4×100 m
Tiffani Marinho (Orcampi-SP) – 400 m/4×400 m/4×400 m misto
Tabata Vitorino de Carvalho (AA Maringá-PR) – 400 m/4×400 m/4×400 m misto
Maria Victória Sena (APA-SP) – 4×400 m/4×400 m misto
Liliane Parrela (UCA-SC) – 400 m com barreiras
Chayenne Pereira da silva (Pinheiros-SP) – 400 m com barreiras
Micaela Rosa de Mello (UCA-SC) – 100 m com barreiras/4×100 m
Jaqueline Beatriz Weber (AMO-RS) – 800 m/1.500 m
Mirelle Leite da Silva (Projeto Atletismo Campeão-PE) – 3.000 m com obstáculos
Valdileia Martins (Orcampi-SP) – salto em altura
Sarah Suelen Freitas (AAPD-PE) – salto em altura
Letícia Oro Melo (Corville-SC) – salto em distância
Gabriele Sousa dos Santos (Pinheiros-SP) – salto triplo
Núbia Aparecida Soares (Clã Delfos-MG) – salto triplo
Juliana de Menis Campos (ACA-SC) – salto com vara
Isabel Demarco de Quadros (AABLU-SC) – salto com vara
Ana Caroline Miguel da Silva (APCEF-MG) – arremesso do peso
Izabela Rodrigues da Silva (IEMA-SP) – lançamento do disco
Andressa de Morais (Pinheiros-SP) – lançamento do disco
Jucilene Sales de Lima (IEMA-SP) – lançamento do dardo
Mariana Grasielly Marcelino (IEMA-SP) – lançamento do martelo
Raiane Vasconcelos Procópio (Pinheiros-SP) – heptatlo
Jenifer Nicole Norberto (IEMA-SP) – heptatlo
Viviane Santana Lyra (AEFV-RJ – 20 km marcha atlética

Masculino
Rodrigo do Nascimento (CT Maranhão-MA) – 100 m/4×100 m
Felipe Bardi (SESI-SP) – 100 m/4×100 m
Erik Barbosa (SESI-SP) – 4×100 m
Lucas Rodrigues (ICB-RJ) – 200 m/4×100 m
Lucas Conceição Vilar (SESI-SP) – 200 m
Vitor Hugo de Miranda (Orcampi-SP) – 400 m/4×400 m/4×400 m misto
Lucas Carvalho (Pinheiros-SP) – 400 m/4×400 m/4×400 m misto
Douglas Hernandes Mendes (Balneário Camboriú-SC) – 4×400 m/4×400 m misto
Anderson Henriques (UCA-SC) – 4×400 m/4×400 m misto
Guilherme Kurtz (UCA-SC) – 800 m/1.500 m
Eduardo Ribeiro Moreira (Pinheiros-SP) – 800 m
Gleison Santos (ADC Alto do Ipiranga-PE) – 3.000 m com obstáculos
Eduardo de Deus (CT Maranhão-MA) – 110 m com barreiras
Gabriel Constantino (ICB-RJ) – 110 m com barreiras
Márcio Teles (Orcampi-SP) – 400 m com barreiras
Hederson Stefani (Pinheiros-SP) – 400 m com barreiras
Fernando Ferreira (IEMA-SP) – salto em altura
Thiago Moura (ASUFAM-SP) – salto em altura
Augusto Dutra (Pinheiros-SP) – salto com vara
Lucas Marcelino dos Santos (Pinheiros-SP) – salto em distância
Mateus Daniel de Sá (Pinheiros-SP) – salto triplo
Alexsandro Melo (CT Maranhão-MA) – salto triplo/salto em distância
Welington Silva Moraes (Pinheiros-SP) – arremesso do peso
William Denilson Dourado (UCA-SC) – arremesso do peso
Alan Christian de Falchi (ADC São Bernardo-SP) – lançamento do disco
Pedro Henrique Rodrigues (Endurance-AM) – lançamento do dardo
Luiz Maurício Dias da Silva (ICB-RJ) – lançamento do dardo
Allan da Silva Wolski (Pinheiros-SP) – lançamento do martelo
Felipe Vinícius dos Santos (Pinheiros-SP) – decatlo
José Fernando Santana (Pesqueira Futebol Clube-PE) – decatlo
Caio Bonfim (CASO-DF) –20 km/35 km marcha atlética

Comissão técnica
A equipe é formada por Katsuhico Nakaya, Darci Ferreira da Silva, Evandro Lazari, Renan Valdieiro, Clodoaldo Lopes do Carmo, João Carlos dos Santos, Tânia Moura, Neilton Moura, Karla Rosa, João Paulo Alves da Cunha, Ricardo de Souza Barros, Rodrigo Dário e Gianetti de Sena Bonfim. O chefe de delegação é Edemar Alves e o fisioterapueta é Marcos Vitullo. A delegação ainda contará com o apoio da equipe do COB.

As delegações nos Jogos Sul-Americanos são de responsabilidade do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e reúnem cerca de 500 atletas de 45 modalidades.

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »