Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

CBAt convoca primeira seleção do ano para o Sul-Americano Indoor

Em live realizada nesta quinta-feira (11/1) pela TV Atletismo Brasil foram chamados 43 atletas – 21 no feminino e 22 no masculino – para a competição que será em Cochabamba, na Bolívia, nos dias 27 e 28 de janeiro; o Brasil é bicampeão e vai defender a sua hegemonia continental no evento

Grabriel Boza, campeão do Desafio CBAt no salto em distância (Gustavo Alves/CBAt)

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) convocou a seleção brasileira que disputará a terceira edição do Campeonato Sul-Americano Indoor de Cochabamba, na Bolívia, em 27 e 28 de janeiro. Foram chamados 43 atletas, 21 no feminino e 22 no masculino. O Brasil vai brigar pelo tricampeonato sul-americano indoor – foi campeão em 2020 e 2022.

“É uma alegria para nós fazer uma convocação já em 11 de janeiro, da primeira seleção do ano, abrindo nossa temporada que tem Mundial Indoor também, tudo como preparação para o principal, que são os Jogos Olímpicos de Paris, em agosto. Fazemos questão de convocar as nossas seleções ao vivo para valorizar atletas, treinadores, equipes e patrocinadores”, disse Wlamir Motta Campos, presidente do Conselho de Administração da CBAt, antes de anunciar os nomes que garantiram o direito a convocação pelos critérios estabelecidos.

Foram chamados dois atletas por prova, entre os seis primeiros colocados do Ranking Sul-Americano combinado (indoor e outdoor) no período de 6 de julho de 2023 a 10 janeiro de 2024. O critério foi discutido pelo Conselho Técnico e de Administração da CBAt, publicado e ainda foi realizado na última quarta-feira (10/1) o Desafio CBAt para proporcionar aos atletas a oportunidade de serem convocados.

“O atletismo indoor ainda é pouco praticado no Brasil. A CBAt deu a todos a oportunidade de participação no Sul-Americano que será na única pista oficial da América do Sul. Logo na sequência, teremos o Mundial, toda a preparação para a Olimpíada”, acrescentou Wlamir. O Campeonato Mundial Indoor será realizado de 1 a 3 de março em Glasgow, Escócia, e o Brasil já tem atletas qualificados, dentre eles o arremessador do peso Darlan Romani, campeão mundial indoor em Belgrado-2022, na Sérvia.

Gabriel Boza (APA-SP) foi o destaque do Desafio CBAt – saltou 7,98 m, boa marca para quem está apenas iniciando a temporada, mas já informou que o seu objetivo é conseguir obter o índice olímpico (8,27 m) para ir aos Jogos de Paris – o atletismo será realizado de 2 a 8 de agosto, no programa da Olimpíada que começa no dia 27 de julho. Fernando Ferreira (IEMA-SP), que venceu o salto em altura no Desafio CBAt (2,15 m) foi campeão no Sul-Americano Indoor em 2020, com 2,25 m, e vai a Bolívia para brigar pelo ouro de novo. “O estádio é muito bom, gostei muito, e vou buscar saltar bem pelo pódio”, disse. 

Fernando Ferreira (2,15 m) e Thiago Moura (2,10 m) comemoraram a qualificação para o Sul-Americano no salto em altura. “Ainda está muito no começo do ano, voltei a saltar no sábado. Estou fazendo uma preparação para o Sul-Americano, mas claro que meu foco é cem por cento nos Jogos Olímpicos”, disse Thiago Moura (Projeto Atletismo Campeão-PE). Fernando (IEMA-SP) disse também que só fez dois treinos de salto este ano, mas quer o título sul-americano indoor em Cochabamba onde foi campeão em 2020, com 2,25 m. “É um estádio muito legal o da Bolívia e estou animado.”

Vinícius Rocha Moraes (ASPMP-SP) venceu os 60 m rasos com 6.64 – “o melhor tiro da vida”, comentou, mas não o suficiente para alcançar o índice, de 6.58 para o Mundial Indoor de Glasgow, na Escócia, que será realizado de 1 a 3 de março. “Vim com a intenção de fazer o índice, mas fiz a melhor marca da minha vida nos 60 m e isso significa que os meus 100 m também estão bom”, comentou. Lara Beatriz Morais da Silva (UCA-SC) venceu os 60 m feminino com 7.55. 

“Sejam muito bem-vindos a seleção brasileira, a essa primeira delegação de 2024, um ano olímpico, extremamente importante, onde muita coisa vai acontecer. Temos grandes competições e a CBAt vai sempre oportunizar aos atletas a chance das disputas. Vamos com uma delegação forte ao Sul-Americano para manter a hegemonia no indoor. Eu conversei com o Darlan Romani, que está motivado, um bom termômetro, vi o salto do Gabriel Boza, iniciando bem a temporada. As expectativas são positivas”, concluiu Wlamir Motta Campos na live de convocação.

Os atletas convocados para o Sul-Americano Indoor

Equipe feminina
Lorraine Barbosa Martins (EC Pinheiros-SP) – 60 m
Vitória Cristina Rosa (EC Pinheiros-SP) – 60 m
Tiffani Marinho (ORCAMPI-SP) – 400 m
Tábata Vitorino Carvalho (IA Balneário Camboriú-SC) – 400 m
Flávia Maria de Lima (FECAM/ASSERCAM-PR) – 800 m e 1.500 m
Uhuru Figueira Rocha (UCA-SC) – 800 m
Jaqueline Beatriz Weber (Praia Clube/Exército/Futel-MG) – 1.500 m
Jenifer do Nascimento Silva (EC Pinheiros-SP) – 3.000 m
Ketiley Batista (ASPMP-SP) – 60 m com barreiras
Vitória Sena Batista Alves (Praia Clube/Exército/Futel) – 60 m com barreiras
Valdileia Martins (ORCAMPI-SP) – Salto em altura
Arielly Kailayne Rodrigues (EC Pinheiros-SP) – Salto em altura
Juliana De Menis Campos (Praia Clube/Exército/Futel-MG) – Salto com vara
Beatriz Chagas (EC Pinheiros-SP) – Salto com vara
Letícia Oro Melo (Associação Corville de Atletismo-SC) – Salto em distância
Eliane Martins (EC Pinheiros-SP) – Salto em distância
Gabriele Souza dos Santos (EC Pinheiros-SP) – Salto triplo
Ana Caroline Miguel da Silva (Praia Clube/Exército/Futel-MG) – Arremesso do peso
Livia Avancini (IPEC-PR) – Arremesso do peso
Tamara Alexandrino de Souza (Associação Fortes e Velozes) – Heptatlo
Tainara Mees (Praia Clube/Exército/Futel) – Heptatlo
Equipe masculina
Felipe Bardi dos Santos (SESI-SP) – 60 m
Erik Cardoso (SESI-SP) – 60 m
Lucas da Silva Carvalho (EC Pinheiros-SP) – 400 m
Lucas Conceição Vilar (SESI-SP) – 400 m
Jânio Marcos Varjão (Barra do Garças Associação de Atletismo-MT) – 800 m
Eduardo Ribeiro Moreira (EC Pinheiros-SP) – 800 m
Thiago do Rosário André (ORCAMPI-SP) – 1.500 m
Guilherme Kurtz (União Catarinense de Atletismo-SC) – 1.500 m
Altobeli da Silva (EC Pinheiros) – 3.000 m
Rafael Pereira (Associação de Atletismo Blumenau-SC) – 60 m com barreiras
Eduardo de Deus (Praia Clube/Exército/Futel-MG) – 60 m com barreiras
Fernando Ferreira (IEMA-SP) – Salto em altura
Thiago Moura (AAPD-PE) – Salto em altura
Augusto Dutra (Clube dos Bancários de Marília-SP) – Salto com vara
Lucas Marcelino dos Santos (EC Pinheiros-SP) – Salto em distância
Gabriel Boza (Associação Prudentina de Atletismo-SP) – Salto em distância
Almir Cunha dos Santos (Sogipa-RS) – Salto triplo
Mateus Daniel Adão de Sá (EC Pinheiros-SP) – Salto triplo
Darlan Romani (Praia Clube/Exército/Futel-MG) – Arremesso do peso
Welington Silva Morais (EC Pinheiros-SP) – Arremesso do peso
José Fernando Ferreira Santana (Praia Clube/Exército/Futel-MG) – Heptatlo
Lucas Catanhede (ACA-SC) – Heptatlo

O Grupo Prevent Senior patrocina o atletismo brasileiro, oferece medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »