Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

AD Centro Olímpico é a campeã brasileira sub-18 de 2023

A equipe de São Paulo, com 26 atletas, teve boa atuação em vários grupos de provas e venceu a competição da categoria que é a porta de entrada na seleção brasileira por 174 pontos; também foi a primeira no masculino (108) e no feminino (66)

O Centro Olímpico é heptacampeão (Marcos Rodrigues/CBAt)

A AD Centro Olímpico, de São Paulo, foi a campeã brasileira sub-18 neste domingo (13/8), depois de três dias de competições da categoria que é a porta de entrada para a seleção brasileira e as competições internacionais, realizada na pista da Universidade Tiradentes (Unit), em Aracaju. A equipe do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, da Prefeitura de São Paulo, trouxe 26 atletas para a capital do Sergipe e somou 174 pontos – venceu também nos naipes feminino (66 pontos) e masculino (108 pontos). O campeonato, transmitido ao vivo pela TV Atletismo Brasil, canal do YouTube da CBAt, teve uma audiência de 50 mil pessoas. A equipe paulistana foi heptacampeã da competição.

A segunda colocada na classificação geral foi a Orcampi, de Campinas, de São Paulo (80 pontos) – a equipe também foi vice-campeã no masculino (57 pontos). A APA SECEL de Jaraguá do Sul foi a terceira colocada no geral (78 pontos). 

A Nipo Brasileira SMLER Araçatuba, de São Paulo, foi a terceira no masculino (42 pontos). A Geração Atletismo Cianorte, do Paraná, foi a vice-campeã no feminino (49 pontos). A terceira colocada no feminino foi a AETA – Atletismo Taubaté (42 pontos).

No quadro de medalhas, o Estado campeão foi São Paulo com 40 medalhas (16 de ouro, 12 de prata e 12 de bronze). O vice-campeão foi o Paraná com 19 medalhas (8 de ouro, 7 de prata e 4 de bronze). A terceira colocação ficou com Santa Catarina, com 13 medalhas (7 de ouro, 2 de prata e 4 de bronze).

“Marcamos bastante pontos com o fundo, as provas de velocidade, as combinadas, os saltos, uma campanha bem dividida”, disse Alexandre Morato, chefe de equipe em Aracaju. “Essa campanha não é de hoje. Desde o pós-pandemia estamos trabalhando para trazer mais atletas e ter uma equipe mais consistente. A pandemia, um problema de muitas equipes, acabou impedindo a chegada de atletas e ficou um vazio. E agora estamos conseguindo fazer com que a equipe cresça novamente com mais atletas e também treinadores”, acrescentou Morato.

Explicou que a AD Centro Olímpico, além de formar atletas também forma treinadores. “A gente acredita que essa formação é muito importante para o desenvolvimento do atletismo. Hoje todos os nossos treinadores passaram pela formação, temos provas diversificadas e os mesmos objetivos. Conseguimos trazer atletas para um grande número de provas, o que nos deixa muito contentes”, concluiu.

MELHORES ATLETAS – Os melhores atletas da competição foram Alessandro Borges Soares (Nipo Brasileira SMLER Araçatuba-SP) que venceu o arremesso do peso e ficou com a medalha de prata no lançamento do disco, e Amanda Miranda (Geração Atletismo Cianorte-PR) campeã dos 400 m, dos 400 m com barreiras e com o revezamento 4×400 m misto. Ambos ficaram muito felizes com a conquista. “Eu queria muito ganhar esse troféu”, afirmou Amanda. “Eu não imaginava que poderia levar o troféu de melhor, estou surpresa, mas muito feliz com a boa competição”, disse Alessandro.

Todos os resultados estão disponíveis no minisite da competição CLIQUE AQUI

O Campeonato Brasileiro Sub-18 de Atletismo é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio do Governo do Estado de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (SEEL), apoio da Universidade Tiradentes (Unit) e da Federação Sergipana de Atletismo (FSAt).

A competição tem apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que desenvolve o programa de formação de atletas juntamente aos clubes integrados e ENADS: VEJA AQUI

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »