Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Lorraine Martins comemora o seu primeiro título do nos 100 m, e Mariana Marcelino seu nono título do Troféu Brasil

A carioca Lorraine Martins (Pinheiros-SP) fez uma excelente prova final dos 100 m no Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa de Atletismo, confirmando passar pela melhor forma da carreira. A velocista conquistou pela primeira vez a medalha de ouro da especialidade na competição, com o tempo de 11.16 (0.1), novo recorde pessoal. O anterior era de 11.24, obtido em maio deste ano, em Bragança Paulista (SP). Com o resultado, ela assumiu a liderança do Ranking Brasileiro.

A competição iniciada nesta quinta-feira (6/7) termina no domingo (9/7) no Centro de Treinamento Olímpico da Universidade Federal de Mato Grosso, em Cuiabá, com entrada franca para o público e transmissão ao vivo da TV Atletismo Brasil.

“Estou muito feliz. Ser campeã brasileira nos 100 m e de quebra com meu melhor resultado. Sou carioca e gosto muito do calor e aqui tive as condições ideais para correr bem”, disse Lorraine, que em junho conseguiu o recorde pessoal também nos 200 m, correndo pela primeira vez abaixo dos 23 segundos: 22.99, em junho, na Estônia. “Faço questão de agradecer a Deus, ao meu técnico (Renan Valdiero) e aos meus companheiros de equipe.”

Lorraine, de 23 anos, que ainda vai disputar os 200 m, tem tido uma ótima temporada e espera repetir a vitória no Campeonato Sul-Americano de Atletismo, que será disputado de 28 a 30 de julho, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo. “O título nessa competição é muito importante pensando na qualificação para o Campeonato Mundial de Budapeste”, lembrou, referindo-se ao evento que será disputado de 19 a 27 de agosto, na Hungria.

O treinador Renan Valdiero fez questão de abraçar a sua atleta, logo após a conquista do ouro. “Ela é uma velocista de grande potencial e tem muito o que evoluir”, comentou Renan, que orienta a campeã desde outubro de 2022, no Rio de Janeiro, nas pistas do CDA, da Aeronáutica, e da Urca, no Exército.

O pódio foi formado totalmente por atletas do Pinheiros. Vitória Rosa conquistou a prata, com 11.24, enquanto Ana Carolina Azevedo levou o bronze, com 11.25.

A premiação tanto dos vencedores do feminino quanto do masculino foi feita pelo governador do Estado do Mato Grosso, Mauro Mendes .

Mveh Viviane, Mariana e Tania mostrando suas conquistas!

NONO TÍTULO NO MARTELO – Mariana Grazielly Marcelino (UCA-SC) venceu o lançamento do martelo e comemorou o seu nono título, oitavo consecutivo, no lançamento do martelo feminino. As atletas da Sogipa-RS Mveh Viviane Graciele com a prata (60,90 m) e Tania Ancelmo da Silva (59.82 m) com o bronze também foram ao pódio da prova. “Agora vou ao Sul-Americano para encaixar um bom lançamento e ganhar a competição”, disse Mari.

Mais informações como programa horário, participantes e resultados podem ser acessadas no hotsite da competição que fica na home do site da CBAt CLIQUE AQUI

O Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio das Loterias Caixa e do Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, com apoio do SESI, da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT) e da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).

A competição tem apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que desenvolve o programa de formação de atletas juntamente aos clubes integrados e ENADS: VEJA AQUI

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »