Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Paulo André vence os 100 m pela sexta vez no Troféu Brasil

Paulo André Camilo de Oliveira (CAES-SP) está oficialmente de volta ao atletismo de alto nível, depois de mais de um ano em meio longe das competições. Vice-campeão do reality Big Brother Brasil-2022, da Rede Globo, o velocista venceu nesta quinta-feira (6/7) a prova dos 100 m, com 10.15 (0.2) do Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa. Foi hexacampeão na competição e o resultado é o seu melhor tempo do ano.

Paulo André comemora hexacampeonato dos 100 m no Troféu Brasil (Foto: Wagner Carmo/CBAt

O Troféu Brasil prossegue até domingo (9/7) com entrada franca para o público e transmissão ao vivo pela TV Atletismo Brasil pelo YouTube da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Paulo André foi, sem dúvida, uma das personagens do dia na pista do Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso. Foi desclassificado por queimar a largada na eliminatória, correndo na série 4. Teve a frieza de pedir para correr sob protesto e sua equipe foi ao Júri de Apelação que aceitou o recurso apresentado.

Voltou a se concentrar para fazer a semifinal e correu a distância em 9.99, mas com vento acima do permitido (2.4) e foi desclassificado na eliminatória. Correu sob protesto, esperou o seu clube entrar com recurso, que foi aceito pelo Júri de Apelação do Troféu Brasil e voltou para correr a semifinal (9.99) e a final (10.15).

“Estou com sentimento de alivio, de missão cumprida e muito feliz pela vitória. É até difícil falar. Agradeço a Deus porque estou só com três semanas de treinamento, depois que me recuperei de uma lesão no posterior da coxa direita, quando voltei a competir”, lembrou o atleta paulista, radicado no Espírito Santo, de 24 anos. “Isso mostra mais uma vez a importância de todos acreditarem nas suas possibilidades.”

Paulo André, que contou com a torcida de seu filho, Peazinho, do pai e treinador Carlos José Camilo de Oliveira e de dezenas de fãs arregimentados no BBB, disse que o Brasil terá uma equipe muito forte no 4×100 m na Olimpíada de Paris-2024 e que em nenhum momento duvidou de sua volta às pistas. “Eu amo o que eu faço e sempre estive confiante. No meu retorno, tive de dedicar 100% porque só 99% não é suficiente no esporte de alto rendimento”, comentou o atleta, que foca agora todas as suas atenções para o Campeonato Sul-Americano, que será disputado de 28 a 30 de julho, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo.

Vencedor das edições de 2017, 2018, 2019, 2020 e 2021 do Troféu Brasil, Paulo André acumulou um bom dinheiro no período em que viveu no mundo das celebridades. “Não preciso mais pensar nas contas a pagar e investi na minha carreira de atleta. Agora tenho um fisioterapeuta e um massoterapeuta que, se precisar, ficam 24 horas comigo”, afirmou o hexacampeão.

Ao final da prova, o vice-campeão Rodrigo Nascimento (Pinheiros-SP), juntou todos os finalistas para dar parabéns ao vencedor em frente das arquibancadas. “Sabemos o quanto é difícil termos torcedores no estádio e por isso agradecemos o apoio do público. Soube que até apostas estavam fazendo sobre quem ganharia”, comentou Rodrigo, que alcançou a marca de 10.17. Já Felipe Bardi (SESI-SP), campeão do ano passado, terminou em terceiro lugar, com 10.20.

Paulo André abriu também uma possibilidade de ser integrante do revezamento 4×100 m no Mundial de Budapeste, Hungria, de 19 a 27 de agosto. Para o revezamento 4×100 m serão convocados atletas com índice nas provas dos 100 m e 200 m e qualificados pela cota do Ranking Mundial. Ser o campeão do Troféu Brasil também pode assegurar participação. 

Mais informações como programa horário, participantes e resultados podem ser acessadas no hotsite da competição que fica na home do site da CBAt CLIQUE AQUI

O Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio das Loterias Caixa e do Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, com apoio do SESI, da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT) e da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).

A competição tem apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que desenvolve o programa de formação de atletas juntamente aos clubes integrados e ENADS: VEJA AQUI

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »