Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Torneio Internacional reúne atletas de 15 países em Bragança

O Torneio Internacional Loterias Caixa – GP Sul-Americano Adhemar Ferreira da Silva de Atletismo será disputado neste domingo (7/5), no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo, em Bragança Paulista (SP). A competição reunirá 127 atletas convidados de 15 países, a partir das 10 horas, com a disputa do salto em altura feminino.

Tatiane Raquel da Silva correrá os 3.000 m com obstáculos no Torneio Internacional (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

A entrada para o público é gratuita e o estádio fica na Estrada Municipal Antônio de Franco Lima, s/n, no Bairro do Campo Novo, em Bragança Paulista (acesso pelo km 55 da Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira). O evento terá transmissão ao vivo pela TV Atletismo Brasil pelo canal do YouTube da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), organizadora da competição. Na quarta-feira (10/5), será disputado o GP Brasil Loterias Caixa de Atletismo, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo.

O Meeting, válido pela categoria D da World Atlhetics, contará pontos para o ranking na corrida para o Mundial de Budapeste, na Hungria, de 19 a 27 de agosto. Serão ao todo 20 provas – 10 no feminino e 10 no masculino.

Uma das provas mais disputadas deverá ser os 3.000 m com obstáculos feminino. Reforçada pela argentina Carolina Lozano, que tem 9:42:88 como melhor resultado pessoal, a competição reunirá as brasileiras Tatiane Raquel da Silva, Simone Ponte Ferraz, Mirelle Leite da Silva e Gabriela de Freitas Tardivo.

No Troféu Brasil de 2022, no Rio de Janeiro, o pódio foi formado por Tatiane, recordista sul-americana (9:24:38), Simone (9:42:84) e Mirelle (9:56:29). Aos 22 anos, Mirelle tem muito o que evoluir na prova. “Vou competir pela primeira vez na Europa este ano. Estou muito feliz e com boas expectativas para esta temporada. Faço provas de 1.500 m para auxiliar meus 3.000 com obstáculos, em que pretendo bater o recorde brasileiro sub-23 este ano”, disse a atleta, referindo-se à marca de 9:41:22, obtida em 2009 por Sabine Letícia Heitling.

Mirelle embarca dia 19 para Europa, vai disputar cinco competições e está ansiosa pela nova fase da carreira. “Tenho certeza que as competições internacionais vão me ajudar muito, assim como ajudou a Simone, que esteve recentemente nos Estados Unidos”, lembrou a pernambucana da etnia indígena Xukuru, já qualificada para os Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, de 29 de outubro a 5 de novembro.

A catarinense Simone Ferraz participou recentemente de três competições nos Estados Unidos, conseguindo os recordes pessoais dos 5.000 m e dos 3.000 m com obstáculos. No Torneio Drake Ralays, no dia 28 de abril, conseguiu 9:42.84, nos 3.000 m com obstáculos no Drake Stadium de Iowa. Representante brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio e no Mundial do Oregon, ela acha a oportunidade de competir em Bragança e no dia 10 de maio no GP Brasil Loterias Caixa, em São Paulo, muito importante.

“É realmente especial competir em casa, lutar por bons resultados e por pontos para a corrida para o Mundial”, disse a atleta de 33 anos. “Viajo dia 19 para a Europa, talvez mais confiante em função dos resultados que conseguir aqui. Essas duas competições no Brasil são muito importantes.”

Assim como Mirelle e Simone, a paranaense Tatiane Raquel da Silva fez treinamento em altitude na cidade colombiana de Cáli e está confiante. “Será o meu segundo ano na Europa, quero usar a experiência do ano passado para aproveitar bem esses 30 dias. Viajo depois do GP Brasil com um grupo de seis brasileiros – todos estarão juntos numa competição em Andajur, na Espanha, no dia 26 de maio. Depois, cada um fará as suas provas. Quero obter índice para o Mundial nos 3.000 m com obstáculos”, completou a corredora, de 32 anos, que representou o Brasil na Olimpíada de Tóquio e no Mundial do Oregon.

Entre as atrações estrangeiras duas velocistas equatorianas chamam a atenção. Angela Tenório ganhou a medalha de prata nos 100 m dos Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015, com a marca de 10.99 – foi a primeira sul-americana a correr abaixo dos 11 segundos. Depois a brasileira Rosângela Santos quebrou a marca, com 10.91, no Mundial de Londres-2017.

Outro destaque é Gabriela Anahi Suarez, que foi eleita a melhor atleta feminina no Campeonato Sul-Americano Sub-23, disputado em 2022, em Cascavel (PR), depois de vencer os 100, 200 e revezamento 4×100 m.

A competição deste domingo receberá representantes de Bahamas, Colômbia, Venezuela, Marrocos, Equador, Chile, Argentina, Uruguai, Nigéria, Arábia Saudita, Paraguai, Burquina Fasso, Peru e Estados Unidos, além do Brasil.

Mais informações CLIQUE AQUI

PROGRAMA HORÁRIO

10h00 – Salto em Altura – Feminino
10h05 – Salto Triplo – Feminino
10h10 – Lançamento do Dardo – Feminino
10h30 – 200 m – Masculino
10h50 – 200 m – Feminino
11h30 – Salto em Distância – Masculino
12h45 – Cerimônia de Abertura
13h00 – 110 m c/barreiras – Masculino
13h05 – Salto em Distância – Feminino
13h10 – Arremesso do Peso – Feminino
13h15 – Lançamento do Disco – Feminino
13h25 – 100 m – Feminino
13h30 – Salto em Altura – Masculino
13h50 – 100 m – Masculino
14h20 – 400 m – Masculino
14h30 – Arremesso do Peso – Masculino
14h35 – Salto Triplo – Masculino
14h40 – 800 m – Masculino
14h45 – Lançamento do Dardo – Masculino
15h00 – 3.000 m c/obstáculos – Feminino
15h30 – 4×100 m – Feminino

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »