Sul-Americano de Marcha Atlética Atlética será em Pernambuco

O Governo do Estado, a Federação Sul-Americana e a Confederação Brasileira de Atletismo lançam a competição nesta quinta-feira (25/1), em evento marcado para às 15 horas, no Parque Centro Esportivo Santos Dumont, em Boa Viagem, Recife

O brasiliense Caio Bonfim figura entre os melhores do continente (Wagner Carmo/CBAt)

O público do Recife poderá ver de perto a disputa da atrativa prova olímpica da marcha atlética, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado de Pernambuco, a Federação Sul-Americana e a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). O Campeonato Sul-Americano de Marcha Atlética será realizado na cidade no dia 10 de março. O Continente tem atletas fortíssimos na marcha atlética, dentre eles o brasiliense Caio Bonfim e a pernambucana Érica Sena, ambos qualificados para os Jogos Olímpicos de Paris, França, em agosto.

A pernambucana Érica Sena figura entre as melhores do continente (Wagner Carmo/CBAt)

Em evento marcado para esta quinta-feira (25/1), às 15 horas, no Parque Esportivo Santos Dumont, o Campeonato Sul-Americano de Marcha Atlética será lançado pelo secretário executivo de Esportes do Governo de Pernambuco Luciano Leonidio, o presidente da Sul-Americana Hélio Gesta de Melo, e o presidente do Conselho de Administração da CBAt Wlamir Motta Campos.

“Receber o Sul-Americano de Marcha, uma competição internacional do atletismo é muito importante por colocar o Estado na vitrine do movimento esportivo nacional. Essa articulação junto às confederações localiza o Estado na rota dos eventos, impacta no turismo e na economia, o que é positivo para Pernambuco”, ressaltou Luciano Leonidio, secretário Executivo de Esportes.

Hélio Gesta de Melo observou que a marcha é a prova que mais glórias em competições globais deu aos atletas da América do Sul. “Com a realização do Sul-Americano de Marcha Atlética em Recife, a CBAt fortalece essa especialidade no Brasil, reforça a política de descentralização e permite que outras regiões brasileiras possam aproveitar os benefícios que eventos internacionais proporcionam às cidades”, disse Hélio.

A competição na cidade de Recife tem importância estratégia para o Estado de Pernambuco e a região Nordeste na opinião de Wlamir Motta Campos. “A descentralização é fundamental para a promoção do esporte em todo o País. Temos em nosso continente e também em nosso País alguns dos melhores marchadores do mundo. O Sul-Americano proporciona visibilidade para o Estado de Pernambuco e para o Brasil, já que o evento é acompanhado por pessoas de diferentes países e pode servir como uma vitrine para o turismo esportivo, atraindo visitantes e promovendo ainda a cultura e a economia local”, destacou Wlamir.

Nos últimos dois anos, a CBAt tem sido a principal parceira da Atletismo Sul-Americano na organização de competições internacionais. O Brasil sediou o Pan-Americano de Cross Country em Serra (ES), os Sul-Americanos Sub-18, em São Paulo (SP), e Sub-23, em Cascavel (PR), em 2022; o Sul-Americano de Cross Country, em Poços de Caldas (MG), e o Campeonato Sul-Americano de Atletismo adulto, em São Paulo, em 2023.

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *