Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Lançada em 2021, pista de atletismo em Ponta Porã segue sem data de entrega

Em março de 2023, pista de 400 metros foi emborrachada. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Ponta Porã)

Lançada em 2021 e com custo de R$ 3,5 milhões, a pista de atletismo de 400 metros em Ponta Porã foi planejada para receber competições internacionais. Porém, após três anos, a obra segue sem conclusão.  E, quando finalmente for inaugurada, o temor é que seja uma “meia pista”, sem estrutura para receber provas com atletas de outros países.

A obra fica localizada no terreno da Funcespp (Fundação de Cultura e Esportes de Ponta Porã), na esplanada ferroviária do município.

De acordo com o presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso do Sul, Ageu de Oliveira, a obra foi sofrendo modificações e, agora, não vai passar de uma “meia pista”.

“Suprimiram as grades de proteção para os atletas no entorno, suprimiram as gaiolas que protegem no lançamento do martelo e do disco, suprimiram todos os equipamentos da pista, como as barreiras e obstáculos. Para eles, o que vão entregar já é uma pista de atletismo. Para nós, é meia pista. Você não consegue homologar na federação para receber um campeonato internacional”, afirma.

Segundo o presidente, a pista, quando entregue, não terá condições para o treino de lançamento de martelo, por exemplo, em que MS é referência por conta de um projeto que nasceu em Ponta Porã.

Em março do ano passado, a prefeitura divulgou que estava na fase de aplicação da borracha, com uso de máquinas alemãs específicas para pistas de atletismo. No acabamento, foi utilizada cobertura de spray com micropartículas de EPDM (borracha), resistente a travas de ferro, permeável e com amortecimento.

O convênio para execução de serviços de revestimento sintético na pista de atletismo de Ponta Porã tem valor de R$ 3.549.883,54. Sendo R$ 3.194.883,54 do governo e contrapartida de R$ 355 mil da prefeitura.

Das três parcelas do convênio, foram pagas duas no total de R$ 2,1 milhões. Conforme o secretário estadual de Turismo, Esporte e Cultura, Marcelo Ferreira Miranda, a terceira parcela está em análise, mas a expectativa é de liberação do valor nesta semana.

Pista de atletismo fica em área da esplanada ferroviária de Ponta Porã. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Ponta Porã)

“Teve uma divergência na prestação de contas parcial para liberação da terceira parcela, mas após correções financeira e da engenharia, estamos agilizando a liberação do pagamento final”, diz Miranda.

Por meio de nota enviada ao Campo Grande News, a Prefeitura de Ponta Porã informou que a terceira parcela deve ser liberada ainda no primeiro bimestre e que já houve a correção de divergências que haviam sido apontadas pelo Estado.

“Convém destacar que o término da obra está condicionado à liberação da terceira parcela, quando então, as obras serão retomadas com maior celeridade possível”, detalha o comunicado.

Ainda de acordo com a prefeitura, a área da pista tem problema de invasão e a questão é discutida com a Superintendência do Patrimônio da União. “O que ocasionou fatores de complicação, inclusive com a necessidade de cercamento da área”.

Fonte: Aline dos Santos em https://www.campograndenews.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »