Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Confira todos os resultados dos brasileiros no Mundial de atletismo em Paris 2023 

O Campeonato Mundial de atletismo paralímpico se encerrou nesta segunda-feira, 17, em Paris, na França, e o Brasil fez sua melhor campanha da história na competição, com 47 medalhas no total e na segunda colocação do quadro geral.

Delegação brasileira de atletismo posa para foto em Paris, na França | Foto: Ale Cabral / CPB

Com sete pódios (dois ouros, duas pratas e três bronzes) neste último dia de provas, o país terminou a competição com dois a mais do que os chineses (47 a 45). No entanto, os brasileiros ficaram na vice-liderança do quadro geral de medalhas por uma diferença de dois ouros para os asiáticos – foram 14 contra 16. O país somou também 13 pratas e 20 bronzes, enquanto os chineses têm 16 pratas e 13 bronzes. Desde o Mundial em Assen 2006, a China não era superada em número de pódios na competição — exceção à edição de Lyon 2013, quando os chineses foram com uma delegação reserva e terminaram na sexta colocação.

Com isso, o Brasil superou a sua melhor campanha na história da competição, registrada em Dubai 2019, quando os brasileiros ficaram na segunda colocação do quadro geral, com 39 medalhas no total: 14 de ouro, nove de prata e 16 de bronze. O desempenho também ultrapassou o resultado da edição de Lyon 2013, que até então era a melhor performance nacional, com 40 pódios no total, sendo 16 ouros, 10 pratas e 14 bronzes, na terceira posição geral.

O Brasil foi representado por 54 atletas de 19 Estados e 11 atletas-guia na competição. O Mundial de atletismo de Paris foi o primeiro da modalidade após os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 e aconteceu no Estádio Charlety. O local tem capacidade para 20 mil pessoas e pertence ao clube de futebol Paris FC, da segunda divisão francesa.

CONFIRA TODAS AS MEDALHAS E RESULTADOS DO BRASIL EM PARIS 2023:

Alessandro Silva – F11 
Arremesso de peso – Prata
Lançamento de disco – Ouro 

André Rocha – F52 

Lançamento de disco – Bronze 

Antônia Keyla – T20
1.500m – Prata 

Ariosvaldo Fernandes (Parré) – T53
100m – Bronze 
400m – 8º lugar
Revezamento 4x10m misto – Bronze 

Aser Ramos – T36
Salto em distância – 7º lugar 

Bartolomeu Silva – T37
400m – Bronze

Beth Gomes – F53 
Arremesso de peso – Ouro 
Lançamento de disco – Ouro 
Lançamento de dardo – 5º lugar 

Bruno Christian – T47
Salto em distância – 8º lugar 

Christian Gabriel da Costa – T37
100m – Bronze
200m – Prata 

Cícero Nobre – F57
Lançamento de dardo – Bronze 

Claudiney Batista – F56
Lançamento de disco – Ouro 

Daniel Martins – T20 
400m – Prata

Daniel Mendes – T11
100m – 14º lugar 
400m – 8º lugar 

Edenílson Floriani – F42
Arremesso de peso – Bronze
Lançamento de dardo – 7º lugar

Emanoel Victor de Oliveira – F37 
Arremesso de peso – 8º lugar 

Fábio Bordignon – T35
100m – Bronze 
200m – Bronze 

Fabrício Ferreira – T13
100m – Prata 

Felipe Gomes – T11
100m – 6º lugar 
400m – Ouro 

Fernanda Yara – T47
200m – 4º lugar 
400m – Ouro
Revezamento 4x10m misto – Bronze 

Izabela Campos – F11

Lançamento de disco – 6º lugar 
Arremesso de peso – 9º lugar

Jardênia Felix – T20
400m – 5º lugar
Salto em distância – Bronze 

Jerusa Geber  – T11
100m – Ouro
200m – Ouro 

Jhulia Karol – T11
400m – 5º lugar 
Revezamento 4x10m misto – Bronze 

João Victor Teixeira – F37
Arremesso de peso – 10º lugar
Lançamento de disco – Bronze 

Joeferson Marinho – T12 
100m – 6º lugar

José Alexandre – T47 
100m – Prata
400m – Bronze

Júlio César Agripino – T11
5.000m – Prata
1.500m – DNF (não completou a prova, em inglês)

Lorena Spoladore – T11

Salto em distância – Prata
100m – DSQ (desclassificada, em inglês)
200m – DNS (não participou, em inglês)

Lorraine Aguiar – T12
100m – 5º lugar
200m – DSQ (desclassificada, em inglês)
400m – 5º lugar 

Lucas Lima – T47

400m – 5º lugar 

Maria Clara Augusto – T47 
100m – 6º lugar
400m – Bronze 
Salto em distância – 13º lugar

Mateus Evangelista – T37
Salto em distância – 4º lugar

Matheus de Lima – T44
100m – Bronze 
200m – DNS (não participou, em inglês)

Paulo Cézar Neto – T20 
Salto em distância – 10º lugar

Paulo Henrique Reis – T13
100m – 14º lugar 
Salto em distância – 6º lugar 

Petrúcio Ferreira – T47
100m – Ouro

Raissa Machado – F56
Lançamento de dardo – Prata 

Rayane Soares – T13
100m – 5º lugar  
200m – 4º lugar 
400m – Bronze 

Ricardo Mendonça – T37
100m – Ouro
200m – Ouro
Revezamento 4x10m misto – Bronze 

Rodrigo Parreira – T36 
100m – 7º lugar 
Salto em distância – 5º lugar  

Samira Brito – T36
100m – 8º lugar 
200m – 5º lugar

Samuel Eckert – T13
100m – 12º lugar
400m – 10º lugar 

Samuel Conceição – T20
400m – Ouro

Silvânia Costa – T11
Salto em distância – 5º lugar 

Suzana Nahirnei – F46 
Arremesso de peso – 6º lugar 
Lançamento de dardo – 15º lugar

Thalita Simplício – T11 
100m – Bronze
200m – Bronze
400m – Ouro 

Thiago Paulino – F57
Arremesso de peso – Prata

Vinícius Rodrigues – T63
100m – Prata

Vinícius Quintino – T72 (petra)

100m – Bronze

Wallace dos Santos – F55

Arremesso de peso – Bronze 

Wanna Brito – F32
Lançamento de club – 5º lugar 
Arremesso de peso – Prata

Washington Nascimento – T47
100m – 4º lugar

Yeltsin Jacques – T11
1.500m – Ouro 
5.000m – Bronze 

Zileide Cassiano – T20 

Salto em distância – Prata

Patrocínios 

O atletismo é uma modalidade patrocinada pelas Loterias Caixa e pela Braskem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »