Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Viviane Lyra conquista ouro para o Brasil nos 35 km no Pan de Marcha

Viviane Santana Lyra (AEFV-RJ) brilhou na manhã deste domingo (16/4) ao conquistar a medalha de ouro da prova dos 35 km de marcha atlética do Campeonato Pan-Americano, disputado num circuito de 1 km, montado no Paseo Xolatlán, na cidade nicaraguense de Manágua. Já qualificada para o Mundial de Budapeste, de 19 a 27 de agosto, ela venceu com o tempo de 2:55:03, bem à frente das outras atletas.

A brasileira Viviane Lyra é a campeã dos 35 km do Pan de Marcha Atlética (Foto: João Sena)

Viviane, nascida no dia 29 de julho de 1993, no Rio de Janeiro, é a recordista brasileira dos 35 km (2:45:02) e dos 50 km marcha (4:22:46). A marca dos 35 km foi obtida com a conquista do oitavo lugar no Campeonato Mundial do Oregon, nos Estados Unidos, em julho do ano passado. Ela é treinada por Luís Paulo Porto, seu marido.

Viviane, que foi campeã dos 35 km (2:51:38) da Copa Brasil de Marcha Atlética, dia 5 de março, em Brasília, disse que o seu objetivo é disputar as duas distâncias – os 20 km e os 35 km – no Mundial de Budapeste. Acha que pode assegurar sua vaga nos 20 km pela cota – posição no Ranking da World Athletics. “No Mundial dá para fazer as duas provas e é o que eu quero.” 

“Fiquei muito feliz com a vitória. O circuito era muito duro e estava muito calor. Graças a Deus conseguir atingir meu objetivo, que era ganhar uma medalha para o Brasil”, disse Viviane. “Minha próxima competição será o Challenge de Rio Maior, em Portugal, no dia 6 de maio, em busca do índice para os Jogos de Paris.”

Além de Viviane, o pódio em Manágua teve a peruana Evelyn Karla Inga, segunda colocada, com 2:58:26, e a colombiana Arabelly Orjuela, bronze, com 3:01:27. Mayara Luize Vicentainer (AABLU-SC) terminou em oitavo lugar, com 3:11:15. Já Elianay Santana Barbosa (CASO-DF) não completou a prova.

Na prova masculina, Max Batista dos Santos (CASO-DF) levou a medalha de bronze nos 35 km, com 2:40:06. O ouro ficou com o colombiano José Leonardo Montaña, com 2:37:49, seguido do compatriota Juan José Soto, com 2:38:06. Diego Pereira Lima (CASO-DF) ficou em 10º lugar, com 2:57:23, enquanto Rudney Dias Nogueira (UCA-SC) terminou em 11º, com 2:59:40.

Nos 10 km feminino sub-20, Thaliane Janaína Miranda da Cruz (PM Colombo-PR) completou a prova em oitavo lugar, com 56:58. Gabrielly Cristina dos Santos (FECAM/ASSERCAM-PR) e Gabrielly Pereira Neves (CASO-DF) não completaram a prova. O pódio teve Sharon Herrera, da Costa Rica (47:39), Natália Pulido, da Colômbia (48:41) e Yaquelin Teletor, da Guatemala (49:18).

Na prova masculina sub-20, Otávio Henrique Vicente (Corville-SC) terminou em oitavo lugar, com 45:07. Klaubert Emanoel Ferreira de Franca (CASO-DF) ficou em 14º, com 48:59, seguido de João Victor Silva Magalhães (CASO-DF), com 49:35. O pódio reuniu o nicaraguense Gabriel Alvarado (42:430, Bryan Matias, da Guatemala (42:44) e o colombiano Jesus Ramirez (43:16).

O Brasil participou da competição com uma equipe de 18 atletas – 9 no feminino e 9 no masculino – e comemorou as duas medalhas nos 35 km.

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »