Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Revezamento 4×400 misto leva ouro nos Jogos Sul-Americanos

O Brasil fechou o primeiro dia de disputas do atletismo nos Jogos Sul-Americanos de Assunção 2022, na noite desta quarta-feira (12/10), com uma medalha de ouro no revezamento 4×400 m misto. Com Anderson Henriques (UCA-SC), Maria Victória Sena (APA-SP), Douglas Mendes (Balneário Camboriú-SC) e Tábata Vitorino de Carvalho (AA Maringá-PR) o Brasil foi campeão em 3:21.53 e somou 5 medalhas (2 de ouro, 1 de prata e 2 de bronze).

O atletismo começou nesta quarta-feira (12/10) na pista do Comitê Olímpico Paraguaio, em Luque, na grande Assunção, Paraguai, e prossegue até domingo (15/10), com transmissão pelo Canal Olímpico.

O Equador ficou com a medalha de prata (3:22.27) e a Colômbia com a de bronze (3:22.87) no revezamento 4×400 m misto.

“A gente fica muito feliz com o título, o ouro, mesmo sabendo que não fez o melhor por ser fim de temporada”, disse Maria Victória, que puxou a recuperação do Brasil a partir da segunda perna. Anderson Henriques, que entregou o bastão bem atrás, explicou que sentiu uma fisgada no pé e não está nas melhores condições físicas em fim de temporada. Mas Douglas correu muito bem e tomou a frente na terceira perna, posição mantida por Tábata que fez os últimos 400 m. “A equipe está de parabéns”, acrescentou Anderson, que integrou a equipe do 4×400 m misto, medalha de prata no Mundial de Revezamento da Silésia (com Alison dos Santos, Geisa Coutinho e Tiffani Marinho).

Pela manhã, o Brasil havia conquistado 4 medalhas (1 de ouro, 1 de prata e 2 de bronze). A medalha de ouro foi alcançada por Valdileia Martins (Orcampi-SP) no salto em altura, com 1,87 m. Na mesma prova, Sarah Suelen Freitas (AAPD-PE) ficou com o bronze, com 1,78 m. A carioca Viviane Santana Lyra (AEFV-RJ) conquistou a medalha de prata nos 20 km da marcha atlética, com 1:32:31, recorde pessoal. No masculino, o  brasiliense Caio Bonfim (CASO-DF) conquistou a medalha de bronze, com 1:21:01.

Os brasileiros se qualificaram para a final dos 400 m rasos na programação da noite. Lucas da Silva Carvalho (EC Pinheiros-SP) correu 46.36 (1º da série) e Vitor Hugo de Miranda (Orcampi-SP) fez 47.22 (2º na série). A decisão de medalhas nos 400 m será nesta quinta-feira (13/10), às 18:55.

Felipe Vinícius dos Santos
(Wander Roberto/COB)

Felipe Vinícius dos Santos lidera o decatlo, após cinco provas, com 4.050 pontos. O outro brasileiro na disputa José Ferreira Santana, o Balotelli, está na quarta posição, com 3.800 pontos.

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »