Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Velocista na cadeira de corrida fatura dois ouros na estreia entre adultos no Meeting Loterias Caixa de Campo Grande

A pista de atletismo do Parque Olímpico Ayrton Senna, em Campo Grande, cidade que recebeu neste sábado, 29, o Meeting Paralímpico Loterias Caixa, foi palco para a estreia de provas profissionais do jovem Wellington Oliveira, 13. O garoto tem chamado atenção pelos resultados em competições escolares e não decepcionou na capital sul-mato-grossense conquistando os ouros nas provas de cadeira de corridas nos 100m (22s33) e nos 200m (44s82) na classe T54, para cadeirantes.

Wellington Oliveira compete na pista de atletismo do Meeting de Campo Grande | Foto: Roberto Oshiro / CPB

Esta edição do Meeting Paralímpico Loterias Caixa teve provas de natação e atletismo com 113 atletas inscritos de quatro estados (GO, MS, MT e PR) e do Distrito Federal, sendo 28 de natação e 85 de atletismo.

O Meeting Paralímpico Loterias Caixa é uma competição idealizada e organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) desde 2021, como uma atualização dos tradicionais Circuitos Loterias Caixa, que já eram realizados desde 2005 pelo CPB. Há provas de atletismo, natação e halterofilismo. Cada cidade sedia, pelo menos, disputas de uma dessas modalidades.

Wellington Oliveira mora em Dourados, 230km da capital Campo Grande, e começou a treinar há menos de dois anos em sua cidade depois de um convite do professor. Os resultados nas Paralimpíadas Escolares, evento realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, fizeram com que ele fosse convocado para participar do Camping Escolar Paralímpico – projeto do CPB em que os mais talentosos atletas das Paralimpiadas Escolares são convidados a treinar por uma semana no CT de São Paulo, mesmo local onde os atletas da seleção brasileira principal treinam, no início de julho deste ano.

“O esporte está fazendo com que eu realize sonhos. Sempre quis viajar de avião e conhecer São Paulo. Quero treinar para um dia integrar a seleção brasileira e morar de vez na capital paulista, onde treinam os melhores atletas do Brasil”, afirma.

Outro destaque no atletismo foi Dalton Andrade que venceu o último Meeting de Campo Grande nas provas dos 100m e dos 200m no ano passado, na classe T11 (cegos) e voltou a brilhar, dessa vez com a presença da sua mãe nas arquibancadas.

“Eu sou apaixonado pela prova dos 100m. Toda vez que entro para competir me deixa alegre e fiquei feliz com os resultados”, ressaltou o atleta, que alcançou 12s50 nos 100m e 26s57 nos 200m.

Dalton, que nasceu com glaucoma e perdeu a visão aos 15 anos de idade em decorrência de uma infecção, lembra que o esporte foi fundamental para livrá-lo de uma depressão.

“Eu me questionava o porque de eu ter perdido a visão logo quando eu planejava sair com os amigos, paquerar as meninas e nada disso pude fazer. Conheci o atletismo, treinei duas semanas e me identifiquei. Hoje com 21 anos eu foco toda minha energia para a modalidade e sei que sem treino não há talento que faça milagre”, ressaltou.

A primeira edição do Meeting nesta temporada aconteceu no último sábado, 22, em Manaus (AM), reunindo 94 competidores de cinco estados (AM, RR, PA, RJ e SP). A capital amazonense não recebia uma competição de alto rendimento do CPB havia dez anos.

Até o final do ano, ao todo, 10 capitais brasileiras receberão o Meeting Paralímpico Loterias Caixa. Além de Manaus e Campo Grande, Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (BH), Brasília (DF), Fortaleza (CE), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e São Paulo (SP) serão sedes do Meeting em 2023. A próxima parada da competição será na capital Fluminense no dia 12 de agosto.

Patrocínios
O Meeting Paralímpico Loterias Caixa tem o patrocínio das Loterias Caixa.
O atletismo é uma modalidade patrocinada pelas Loterias Caixa e pela Braskem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »