Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Lorena Spoladore conquista 1ª medalha do Brasil no Mundial de atletismo de Paris

A saltadora paranense Lorena Spoladore conquistou neste domingo, 9, a primeira medalha para o Brasil no Mundial de atletismo paralímpico, que acontece em Paris, na França, até 17 de julho. Ao todo, o Brasil é representado por 54 atletas de 19 Estados na competição.

Lorena Spoladore realiza salto em distância durante Mundial de Paris | Foto: Ale Cabral / CPB.

A atleta da classe T11 (com deficiência visual) saltou 4,91m e ficou com a segunda posição na prova vencida pela uzbeque Asila Mirzayorova, que atingiu a marca de 5,13m. Outra brasileira na disputa, a sul-matogrossense Silvânia Costa terminou a sua participação na quinta colocação, com 4,59m.

CONFIRA AQUI O GUIA DE IMPRENSA

Essa foi a quinta medalha de Lorena Spoladore em Mundiais de atletismo. Antes, já havia conquistado o ouro no salto em distância em Lyon 2013, a prata também no salto em distância em Doha 2015, e bronze nos 100m e nos 200m em Dubai 2019.

“Ser a primeira medalha do Brasil tem um gostinho ainda maior. Estou muito feliz e grata. Voltar a medalhar no salto em distância é muito bom, foi a prova em que eu iniciei no atletismo e me deu visibilidade no esporte. Nosso objetivo são as provas dos 100m e 200m, mas essa boa preparação refletiu também na disputa do salto”, afirmou a atleta que ficou cega devido a um glaucoma congênito.  

Com a medalha de Lorena, o Brasil conquistou 216 medalhas na história dos Mundiais de atletismo – sem considerar a participação do país na edição de Birmingham 1998 por falta de dados do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês). Foram 74 ouros, 66 pratas e 76 bronzes.

Em Paris, Lorena ainda vai competir nas provas dos 100m e 200m T11 entre os dias 12 e 17 de julho. 

Ainda neste domingo, o paraibano Joeferson Marinho correu a prova dos 100m T12 (com deficiência visual) em 11s10, mas não conseguiu avançar a final da disputa.

Já a partir das 13h30 (de Brasília), a amapaense Wanna Brito, no lançamento de club F32, e o carioca Wallace dos Santos, arremesso de peso F55, competem finais em provas do campo, assim como o fluminense Emanoel Victor de Oliveira e o carioca João Victor Teixeira, que vão buscar lugar no pódio do arremesso de peso F37.

A última final deste domingo será com o paulista Vinicius Quintino, o atleta mais novo da delegação brasileira, com 16 anos, ao disputar a prova final dos 100m pela classe T72 (que competem na petra).

Ainda competem pelo Brasil neste domingo, mas ainda em fases eliminatórias, o paulista Christian Gabriel da Costa e o fluminense Ricardo Mendonça nos 100m T37, a maranhense Rayane Soares, nos 100m T13, e a potiguar Thalita Simplício e a paraense Jhulia Karol, nos 400m T11.

Mundial de atletismo de Paris é o primeiro após os Jogos de Tóquio 2020 e deve ser o maior evento paralímpico a ocorrer na capital francesa antes dos Jogos Paralímpicos de Paris 2024. A competição será realizada no Estádio Charlety, que também foi o palco da cerimônia de abertura neste sábado, 8.

Confira a programação dos brasileiros no Mundial de atletismo Paris 2023 neste domingo, 9, com os horários de Brasília:

13h30 – Lançamento de club F32 (final)
Wanna Brito

13h37 – Arremesso de peso F55 (final)
Wallace dos Santos

13h42 – Arremesso de peso F37 (final)
Emanoel Victor e João Victor

14h01 – 100m T37 (Round 1)
Christian Gabriel 

14h06 – 100m T72 (final)
Vinicius Quintino

14h08 – 100m T37 (Round 1)
Ricardo Mendonça

14h30 – 100m T13 (Round 1)
Rayane Soares

14h47 – 400m T11 (Round 1)

Jhulia Karol 

15h11 – 400m T11 (Round 1)
Thalita Simplício 

Programa Loterias Caixa Atletas de Alto Nível
Os atletas Silvânia Costa, Thalita Simplício, Wallace dos Santos, Joeferson Marinho, João Victor Teixeira e Ricardo Mendonça são integrantes do Programa Loterias Caixa Atletas de Alto Nível, programa de patrocínio individual da Loterias Caixa que beneficia 91 atletas.

Time São Paulo
Os atletas Christian Gabriel, Lorena Spoladore, Jhulia Karol e Silvânia Costa são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, que beneficia 106 atletas de 14 modalidades.

Patrocínios 
O atletismo é uma modalidade patrocinada pelas Loterias Caixa e pela Braskem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desafio CPB/CBAt de atletismo marca estreia de 114 atletas paralímpicos em 2024 no CT O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe 114

Leia mais »