Martelo dá as primeiras medalhas do Campeonato Brasileiro Caixa Sub-18 de Atletismo

20 d novembro d 2020 às 1:53 pm

Com menos de um ano na prova Bryan Higor de Barros, da Luasa, fã de Allan Wolski da Silva, ficou com o ouro na segunda competição nacional da temporada, em Bragança Paulista

Bryan Barrios (Wagner Carmo/CBAt)

Bryan Higor de Barrios (Luasa) ganhou a primeira medalha de ouro do 11º Campeonato Brasileiro Caixa Sub-18, no lançamento do martelo, com a marca de 54,46 m, nesta sexta-feira (20/11), no Estádio do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), em Bragança Paulista (SP). O campeonato prossegue até domingo (22/11) e é o segundo evento da temporada nacional de 2020, após o adiamento das competições por causa da pandemia da COVID-19.

A medalha de prata no lançamento do martelo ficou com Arilson de Pontes dos Santos (PM Colombo), com 54,01 m, e a de bronze com Leonardo Yan Soares Lucas (SEL/CBM), com 51,61 m. Marcos Roberto de Oliveira Lopes (APCEF-MG), que venceu a prova no Brasileiro Sub-20 e era um dos favoritos, teve problemas e não conseguiu avançar, entre os melhores, após os três  lançamentos que teve direito.

“Foi bem difícil, comecei no ano passado, e tenho de agradecer a minha professora porque foi ela que me deu técnica e força, tudo”, disse Bryan, que treina com Ana Paula de Campos, em Taubaté (SP). Bryan disse que se inspirou em Allan Woski, de quem ganhou sua primeira luva especial para o lançamento do martelo. “Me inspirou, foi muito legal o presente.” Allan Wolski é o atual campeão do Troféu Brasil no lançamento do martelo (71,07 m, medalha de bronze no Sul-Americano de Lima, Peru, também em 2019 (72,51 m) e tem como melhor marca pessoal 75,22 m, feito em São Bernardo do Campo, em 16/7/2017.

A treinadora Ana Paula de Campos contou que Bryan chegou no atletismo para correr e perder peso. “Mas logo percebi que ele poderia ir bem e era diferente no martelo e poderia fazer bons resultados”, comentou.

Jonas Flores (Wagner Carmo/CBAt)

No salto com vara, segunda final do dia, a medalha de ouro ficou com Jonas Henrique Flores (APA), com 4,10 m, seguido de Ricardo Panstein (APA), com 3,90 m, e Pedro Henrique Aparecido (Guarulhos), com 3,90 m.

Sem a presença do público em função dos protocolos de combate a contaminação pelo vírus, o torneio que reúne atletas de 15 a 17 anos tem transmissão ao vivo pelo youtube da Confederação Brasileira de Atletismo pelo link:

https://www.youtube.com/channel/UCzEJ2yawdNF53PTzLO_RYCg

Mais informações, como programa-horário, participantes e resultados, podem ser obtidas no link:

http://cbat.org.br/novo/competicoes/brasileiro_sub18/2020/#

A Caixa é a Patrocinadora Oficial do Atletismo Brasileiro.

Share