Darlan Romani confirma presença no GP Brasil Caixa de Atletismo

10 d novembro d 2020 às 5:21 pm

O arremessador é um dos melhores atletas do mundo na especialidade e terá a oportunidade de participar de uma competição internacional ainda em 2020

Darlan Romani (Wagner Carmo/CBAt)

O arremessador Darlan Romani confirmou presença no Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo, integrante do World Athletics Continental Tour Silver, no dia 6 de dezembro, a partir das 13:30 e até às 17 horas. Organizado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), o GP será na nova pista do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo, ainda sem a presença do público que poderá ver ao vivo pelo Canal Atletismo da TVNSports https://canalatletismo.tvnsports.com.br/

“A expectativa é arremessar bem, chegar ao GP com bastante confiança para fazer um bom arremesso. Eu não falo de marcas e também não sei ainda quem serão os competidores que vão vir de fora – vamos esperar”, disse Darlan, lembrando que esta foi uma temporada “muito complicada” por causa da COVID-19. “A gente adaptou bastante os treinos, mas em casa não treina da mesma forma. Treinar na pista do CNDA é completamente diferente”, acrescentou Darlan, que também confirmou que competirá pelo Pinheiros no Troféu Brasil Caixa de Atletismo, de 10 a 13 de dezembro, também no Centro Olímpico, em São Paulo.

No dia 14 de março, venceu o arremesso do peso do Torneio FPA Adulto e Sub-20, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), em Bragança Paulista, com 21,52 m (7ª posição na top list da World Athletics). Depois da pandemia Darlan voltou a competir no Campeonato Paulista Adulto e Sub-20 de Atletismo, dia 31 de outubro, também no CNDA, e venceu com 20,03 m.

“Para o GP vou estar mais preparado. No Paulista eu estava até certo ponto preparado, mas vários fatores atrapalharam – tempo longo entre arremessos, estava frio, um dia estranho… mas está bom, a gente precisa passar por esses dias para continuar crescendo”, afirmou. 

Além de Darlan estão convidados para o arremesso de peso do GP os brasileiros William Braido (Orcampi), William Denilson Dourado (ARPA São José do Rio Preto), Wellington Silva Morais (Pinheiros) e Saymon Hoffmann (Sogipa).

O GP Brasil Caixa de Atletismo é uma competição muito importante, em um ano prejudicado pelo cancelamento de provas em todo o mundo por causa da COVID-19, no mês da retomada da corrida olímpica. Os índices para os Jogos Olímpicos de Tóquio, marcados para o período de 23 de julho e 8 de agosto de 2021, voltam a valer, por determinação da World Athletics, no dia 1º de dezembro de 2020. São 17 os atletas do atletismo que já fizeram índices para os Jogos Olímpicos.

Darlan já tem o índice olímpico (22,61 m) e teve um ano excepcional em 2019. Foi campeão brasileiro, sul-americano, pan-americano, mundial militar, vice-campeão da Liga de Diamante, além de quarto colocado no Mundial de Doha. Na etapa de Prefontaine Classic da Liga Diamante, em junho, em Stanford, nos Estados Unidos, quebrou três vezes o recorde sul-americano, terminando com 22,61 m, quarta marca no Ranking Mundial da World Athletics de 2019. Ele melhorou em 61 centímetros o seu recorde anterior (22,00 m).

A Caixa é a Patrocinadora Oficial do Atletismo Brasileiro.

Share